Escondida - PC Cast e Kristin Cast

Título: Escondida - House of Night #10
Autoras: P.C Cast e Kristin Cast
Páginas: 357
Editora: Novo Século

Desvende a real essência escondida atrás das aparências... Finalmente, Zoey consegue o que sempre quis: a verdadeira natureza malévola de Neferet foi desmascarada, e o Conselho Supremo dos Vampiros não está mais ao lado dela. Mesmo assim, a força da ex-Grande Sacerdotisa está longe de ser insignificante. Primeiro, um misterioso incêndio assola os estábulos. Depois, Neferet começa a jogar os humanos contra os vampiros e ataca alguém muito ligado a Zoey – tudo para tentar criar o caos no mundo. Com as sementes da destruição espalhadas na Morada da Noite, todos precisam se organizar para elaborar estratégias de defesa. Porém, isso se revela mais difícil do que nunca. Kalona, antigo inimigo do grupo de Zoey, tornou-se guerreiro e protetor da Morada da Noite. Para agravar a situação, Zoey vê algo através da pedra da vidência que mal consegue explicar a si mesma. É possível que Heath tenha retornado em uma forma diferente? É por esse motivo que Zoey está tão intrigada a respeito de Aurox, quando parece tão óbvio que ele é perigoso? E quem acreditaria se ela contasse? Em meio à tensão que começa a afetar as amizades dentro do grupo, a horda de nerds conseguirá manter-se unida para enfrentar as Trevas antes que seja tarde?
Quando recebi a indicação de uma amiga para ler essa série acabei comprando o primeiro livro sem ao menos procurar saber mais a respeito da opinião de outras pessoas. Gostei bastante de Marcada e, por incrível que pareça, li até o nono volume de uma vez só. Tive noção desde o começo que House of Night tinha um quê de loucura, viagem na maionese e todo o tipo de coisa sem noção possível, e mesmo assim me apaixonei pela série (não sei como, pois agora tenho uma visão totalmente diferente). Tudo começou a desandar em Queimada e com Escondida pude ver que P.C e Kristin, definitivamente, devem ter fumado alguma coisa muito nociva ao cérebro e não sabem mais o que estão fazendo. 

Não é preciso introduzir muito o que acontece nesse livro. A série continua igual, com um pouco de mistério, muita loucura e um final que, aparentemente, devia prender o leitor para continuar a leitura dos sequentes, mas falha miseravelmente. 

Vou começar pelo ponto que mais me irritou nesse livro: a mistura de religiões, crenças, criaturas sobrenaturais. No começo tudo era muito legal, a descoberta de Vampiros e humanos vivendo juntos e em paz, a religião e a amizade de todos. Entretanto, agora, não sei o motivo, vi que essa série se tornou ruim demais a partir do sexto livro e as autoras são duas pessoas sem noção nenhuma de estrutura e esqueceram o que significa "fim".

Para vocês terem uma ideia mais abrangente da coisa, vou exemplificar melhor. No começo da série Zoey era uma idiota songa-monga, mas aceitável. Ai ela começou a querer pegar todos os machos da Morada da Noite (bem vagabunda, diga-se de passagem) e é isso que acontece a maior parte do tempo. Em Escondida, do nada, ela decide se tornar uma mulher e parar de ser uma criança que fica chorando pelos cantos. Erin, a gêmea de Shaunee, foi outra que agravou tudo. Se nos outros livros da série ela era uma personagem adorável e que completava sempre as frases da sua irmã com muito humor, vemos agora uma vaca detestável, o que atesta toda falta de talento que as autoras têm. Quase todos os personagens da série passaram por mudanças drásticas de personalidade que me fizeram odiá-los com todas as forças. Só Aphrodite que continua uma diva, mas, sinceramente, continuar a série só por causa dela está sendo difícil. 

O que fez o nível descer mais ainda foram toda as palavras de baixo calão e o modo porco que os personagens se expressavam. Me refresquem a memória se eu estiver errado, mas eu não lembro que palavras como "cuzão" e "foda-se" ditas nos outros livros. Se isso foi trabalho da tradutora, que não é a mesma dos anteriores, não sei. Empobreceu mais ainda o livro, ficou nojento ver tanta linguagem assim em pouco mais de trezentas páginas. E não posso esquecer de ressaltar também que a série tinha antes uma sensualidade normal, porém, encontrei em Escondida uma vulgaridade sem tamanho. Desde quando Zoey fala abertamente de fazer sexo com Stark? Pior, em um momento Erin retira toda sua roupa, ficando nua para se entregar a um vampiro vermelho sem mais nem menos, ao ar livre, como se fosse normal. Alô, P.C e Kristin, essa série é voltada para o público jovem. Fiquei muito triste com isso, pois mostra que elas nem sabem mais o que escrevem. 

Quero lembrar também que a avó macumbeira da Zoey me irrita bem lá no fundo da alma. É fato que ninguém é 100% bom e isso não é mostrado através dessa velha chata. Tudo dela é "paz e amor", lavanda e hortelã. Até de Neferet ela tem pena. Por favor, isso não faz sentido. Queria muito ver essa chata morta, porque não faria falta nenhuma. Mas fico até receoso, porque todo mundo que morre nessa série acaba vivendo de novo. 

Não sei realmente o que aconteceu comigo, muito menos com essa série. No começo eu realmente gostava de tudo, mas agora meu ódio é tamanho que não consigo explicar. A vontade que tenho é de dar um safanão nas autoras e dizer: Parem de ser idiotas. Deem um fim nessa droga de série e pronto, inferno! Vi muitas pessoas dizendo que esse livro melhorava e dava outro ar de "quero mais", mas não é isso que acontece. Continua clichê, continua caindo num buraco sem fim e posso esperar que o final de House of Night vai ser podre.

Enfim, não sei onde estava meu senso crítico quando comecei a ler essa saga interminável da Zoey songa monga e seus amigos, mas agora vejo que ele surgiu bem no fundo da minha mente e afirmo com toda certeza que não é muito vantajoso embarcar no mundo criado por P.C e Kristin.

Ah, só eu morro de raiva quando leio no final de cada volume Fim, por enquanto

19 comentários:

  1. Oi Lucas!

    O que posso dizer? Eu amei sua resenha! Sério, você mostrou muito bem sua visão sobre o livro, foi crítico e de verdade, alguns pontos me fizeram rir, rsrs. Realmente a série é muito viajada, eu gostei mesmo é do primeiro, pois tinha muitos lances de magia, algo que particularmente gosto, mas deixe de ler faz tempo a série, primeiro por que são muitos livros e segundo por que não me senti animada para ler depois do quarto livro. Enfim, parabéns pela resenha, digo de novo: Eu adorei!

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, por enquanto eu li esse livro até o nono. Gosto dessa saga, mais as vezes ela me estressa pela enrolação que autora faz só pra chegar ao decimo segundo livro, pois tem coisas desnecessárias que só serve pra ocupar espaço nas paginas.

    Blog:momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Hey, Lucas!

    Por onde começar então? Particularmente, vivo numa relação de amor e ódio com "House Of Night". A série tem pontos que a tornam simplesmente muito boa. Adoro, principalmente, a parte ritualística envolvida nos livros. Mas, ela peca em MUITOS, MUITOS aspectos. Fora, é claro, o fato de que as autoras têm o hábito incurável de querer matar todo mundo a toda hora (ainda não me conformei com o sacrifício do inocente em "Destinada").

    O grande problema de House Of Night tem sido a enrola das autoras em terminar a série. Elas simplesmente não conseguem mais parar e, por mais que tenham tido algumas coisas interessantes nos livros seguintes, desde que Kalona surgiu tudo tem sido uma grande enrolação. Elas, às vezes, parecem querer colocar tudo que já ouviram na vida dentro do livro.

    Outro ponto horrível, e isso é realidade de todos os livros, é a falta de habilidade das escritoras em querer simular uma linguagem jovem que não existe. As falas das personagens são extremamente falsas e forçadas e dá muita raiva. Gostei muito quando tocou na questão dos palavrões na série. Ainda não li "Escondida" porque estou dando um tempo na série, mas deverei ler em breve

    Continuo a ler a série, apesar da raiva que passo, porque existe alguma coisa e eu não faço ideia mais do que seja que simplesmente me prende à série e faz com que eu não desista de ler, ou pelo menos tem sido assim até antes de "Escondida".

    Sem mais, parabéns pela resenha "sincera e agressiva", kkkk.

    Abraços, (:

    ResponderExcluir
  4. essa resenha simplesmente define a serie house of night erfeitamente,
    Sem palavras *--*

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi querido!

    Super concordo com você. Eu gostei dos três primeiros livros. O quarto já foi bem mais ou menos e o quinto foi tipo WTF??? Ainda tentei ler o sexto, mas abandonei antes do fim e nunca mais tentei finalizar a série. As autoras realmente se perderam. Nisso que dá querer estender uma série pra ganhar mais dinheiro. 12 livros, sério? Preferia três de qualidade.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Essa série é a tipica "História sem fim", as autoras parecem pensar que enquanto tiver gente lendo elas continuam, o problema é que elas se perderam no meio do caminho e mesmo assim continuam estendendo a série. Honestamente parei no quarto livro e não sinto falta dos livros.

    bjo

    Pah - Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  8. Cara, adorei tua resenha! Só por estar no 10º livro já me deixa com receio, com todos esses pontos negativos então... Mas gostei do "paz, amor, lavanda e hortelã". [rs]

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Lucas,
    Há alguns anos atrás minha irmã tinha pegado o primeiro livro dessa série emprestada com uma amiga, eu já tinha ouvido elogios e indicações sobre ele, mas quando li o primeiro capítulo quase morri. A Zoey não me agradou e muito menos me convenceu, achei a história muito chata e nem pensei em terminar de ler. Hoje quando vejo esse tanto de livros publicados fico até feliz de não ter lido, essa série é interminável.
    Abraços, Raquel.

    ResponderExcluir
  10. Lucas, sei que talvez não foi a intenção, mas morri rindo com a sua resenha. Tu sempre foi tão contido e algumas vezes formal para escrever sobre um livro, mesmo expondo sempre tua opinião, mas essa foi tão inusitada e espontânea. . Ficou nítida a sua frustração com a série, sinto muito.. mesmo não a tendo lido, percebo que todas as tuas reclamações são pertinentes.. se fosse comigo, sentiria como se tivesse perdido meu tempo lendo esses livros :o( Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Lucas!

    Ri muito aqui da sua revolta. Já li diversas opiniões bem contraditórias a respeito dessa série. Alguns odeiam, outros amam e outros em cima do muro. Confesso que não tenho nenhuma vontade de ler. A sinopse não me chamou a atenção de depois de opiniões diferente não consegui me interessar e sua resenha só corrobora minha decisão.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ahahahahah! Não li a série, mas que maldade com os leitores esse "fim, por enquanto"!!!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho uma relação de amor e ódio com essa serie, um livro eu gosto muito o outro eu odeio. A Zoey não tem jeito mesmo, já desisti dela. Queria saber onde as autoras vão parar essa história. Alem de não ter conteúdo pra isso tudo, elas já extrapolaram em vários assuntos. Não gosto dessa mistura de religião que elas fizeram. Quanto ao que você me perguntou é o livro da serie Fadas sim. Eu dei cinco estrelas pois gostei muito de toda a ação que teve no livro. Agora o final ela estragou. Alem de não ter ficado com quem eu queria ainda tinha que fazer aquele capitulo extra? Só pra acabar com a história. Eu já escrevi a resenha mas ainda não publiquei.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi Lucas!
    Essa é uma série que eu nunca arrisquei. Tantas criticas ruins...Não me deu vontade de ler.
    Adorei sua resenha.
    Bjs
    Aline
    http://alinenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Admito que sempre tive uma certa curiosidade para ler essa série, mas nunca cheguei a ler, e nesse momento estou muito agradecida por nunca ter começado, por que já fico imaginando minha irritação ao ver os personagens mudando de personalidade e ainda o surgimento de palavras de baixo calão, que na minha opinião não é necessária em um livro... É sério fico me perguntando o que aconteceu com essas autoras... rsrsrs
    Sua resenha ficou perfeita, ri muito com sua frustração!
    A propósito fiquei tão empolgada escrevendo que quase ia esquecendo, estou seguindo seu blog e queria te convidar para conhecer o meu também.
    Abraços!
    Scar.
    http://wonderlandmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Confesso que nunca li nenhum livro dessa série e acho que isso aconteceu justamente pelo tamanho dela.
    Não tenho paciência pra conviver tanto tempo com os mesmos personagens, a não ser que eles fossem de Harry Potter, aí poderia viver eternamente lendo os livros.
    Depois da sua resenha então é que não vou ler mesmo, não tenho muito saco pra personagens cheias de mi-mi-mi...kkkkkkkk
    Sou chata assim, de menininha cheia de frescurites já basta eu...rsrs
    Mas adorei a sua resenha, você realmente passa o que sente, sem deixar pontas soltas.
    Bjus *-*

    http://apequenaquele.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Lucas, tudo bem?

    Quando eu li o primeiro volume dessa série, ainda na onda *eu amo Vamps* rsrs, eu adorei! Todo o clima de ação e suspense, a protagonista perdida nesse novo mundo, o triângulo amoroso. Parecia tudo na medida pro sucesso. Daí li os próximos e continuei animada, tá que o nível caiu, mas eu lembro até hoje de eu chorando horrores com o final de Tentada hahaha (que boba eu), daí amadurei, li o Queimada e pá, desanimei. Eu ficava pensando que as coisas estavam tomando um rumo muito louco e o romance estava me dando nos nervos e parei com a série, MAS na esperança de um dia voltar a lê-la, eu ainda tenho os dois livros lançados aqui dps de Queimada e pretendia lê-los um dia, mas depois dessa sua resenha já não sei. Até esses dias estava com saudades da série, acredita? Mas agora já não sei não, uma pena :(

    Beijos

    Pah, Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  18. Oi Lucas, tudo bem?
    Cheguei aqui hoje por causa de algumas meninas comentando sua resenha lá no Twitter. Bom, ri horrores de sua resenha, seus comentários foram impagáveis, rsrsrs. Não li essa série e foi por causa desse monte de livro que não para de ser lançado e porque meu marido riu muito quando ficou sabendo da premissa do livro. E agora com tudo o que vc disse aí é que não lerei mesmo!
    Bju
    Fabi

    ResponderExcluir
  19. E assim eu desisti da série de vez...

    Eu fui bem parecida com você, li os sete volumes de um uma vez, mas lá no sexto começou a desandar. Ganhei os sete do meu padrinho de niver de 15 anos (tenho 17) e de então eu sempre fico:"vou comprar o próximo, vou comprar" e adio. Mas acho que agora vou desistir mesmo, a série se perdeu totalmente, parece que faz mais só pra ganhar dinheiro, por mim a saga já poderia -- deveria -- ter terminado

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá :D
Espaço reservado para comentários.
Ofensas serão excluídas.
Tem um blog? Deixe o link no final do comentário.
Obrigado!