Resenha: A Passagem



Quase um século depois que uma pesquisa científica financiada pelo Exército dos Estados Unidos foge do controle, tudo o que resta é uma paisagem apocalíptica. As cobaias utilizadas nos experimentos – prisioneiros a caminho do corredor da morte – escaparam do laboratório e iniciaram uma terrível carnificina, alimentando-se de qualquer ser com sangue nas veias e espalhando por todo o continente o vírus inoculado nelas. Um em cada 10 habitantes pode ter sido infectado. Os outros nove se tornaram presas desses virais, criaturas animalescas extremamente ágeis e fortes cujos únicos pontos fracos parecem ser a hipersensibilidade à luz e uma pequena área frágil próxima ao esterno. Em uma fortificação construída nas montanhas, cercada de muralhas de concreto e holofotes superpotentes, uma comunidade tenta sobreviver aos constantes ataques noturnos. Mas a precária estrutura que a protege está com os dias contados: as baterias que alimentam as luzes começam a falhar e uma invasão é iminente. Não se sabe o que aconteceu ao resto do mundo: a comunicação foi cortada, não há governo e o Exército nunca cumpriu a promessa de voltar. Provavelmente estão todos mortos. Mas a chegada de uma misteriosa andarilha traz novas expectativas: ao que tudo indica, ela tem as mesmas habilidades dos virais, mas não sua necessidade de sangue. Agarrando-se a essa esperança, um grupo parte da Colônia para buscar mais sobreviventes – e a verdade fora dos muros.

 
O Exército americano estava trabalhando em um vírus para aumentar a longevidade humana. Doze cobaias eram usadas para os testes, doze condenados à morte por algum crime  . O agente Wolgast foi designado a levar mais uma cobaia, a menina Amy. Ele se vê um tanto resignado quanto a isso, já que farão os testes em uma simples menina de 6 anos. Só que antes dos testes ocorrerem tudo sai de controle e o vírus escapa. Criaturas com dentes pontiagudos, mãos e pés em forma de garras, aversão à luz e sede por sangue, começam a se proliferar. Wolgast, então, leva Amy para se refugiar nas montanhas, longe do mundo que está se tornando um caos. Assim se encerra a primeira fase do livro, com o ano zero. Cerca de noventa e três anos depois somos apresentados a uma colônia de sobreviventes. Lá eles vivem sob a redoma de muros enormes, com vigilância vinte e quatro horas, já que os virais tentam invadir o complexo a todo momento. Só que sem comunicação com o mundo externo, sem saber se ainda existe vida fora daquela colônia, os sobreviventes se vêm encurralados. As baterias não podem durar para sempre, e em alguma hora as luzes irão se apagar, banhando tudo em escuridão e morte. A chegada de uma humana, uma andarilha, se torna a peça chave para que Peter, Alicia, Maus, Michael, Hollis, Sara e Caleb partam em busca de resposta e uma esperança de vida fora dali.

Oitocentas e dezesseis páginas podem ser um choque à primeira vista. É muita página pra desenvolver uma única história, e até pensei que seria um tanto demorada a leitura do livro. Não foi. Justin conseguiu aliar uma narrativa leve, apesar do tema, com uma história interessante. O que eu costumo levar muito em consideração para uma trama ser boa é o tema tratado. A Passagem tem um enredo original? Não! Isso é agravante? Também não. Pode, sim, ser comparado com Resident Evil ou The Walking Dead. Mas não ter um enredo original não significa que o livro não possa ser, entendem? O autor conseguiu levar a narrativa de uma maneira muito própria, com desdobramentos que me deixaram tenso a maior parte do tempo. Sem contar os virais, dracs, vampiros, fumaças e tantos outros nomes que as criaturas sedentas por sangue tinham. Esqueçam os zumbis lerdos e sem inteligência que vocês conhecem, os virais são muito melhores. Confesso que fiquei tão absorto na história que toda noite eu fechei a porta do quarto pra me sentir mais seguro (risos). 

Querem mais um motivo para A Passagem ter se tornado tão bom? Todos os personagens principais são aprofundados ao máximo possível. Não adianta ter ação, ter luta, ter sangue, se não há empatia com o livro e uma história bem construída. Justin tornou a vida de cada sobrevivente muito interessante. Apesar de estarem vivendo apenas dentro de uma colônia, cada ser humano ali carrega um fardo, uma história, que me cativou muito. A parte explicativa sobre a sobrevivência deles na colônia me deslumbrou. Achei um tanto estranho o fato de todo mundo falar "diabo" nos diálogos. Isso com certeza é uma característica própria do autor, não dos personagens criados. Tem também algumas atitudes que acontecem quando eles partem para fora da colônia, que a meu ver, são um tanto equivocadas levando em conta que eles estão numa Era que não existe tecnologia, mas dá relevar. 

O que diferencia A Passagem dos outros livros de ficção é a forma com que Cronin levou o leitor para conhecer um mundo novo  e desconhecido. As emoções que senti foram tão fortes que precisei fechar o livro algumas vezes, respirar, absorver os acontecimentos, para só assim poder retornar a leitura. Apesar de ser um tanto clichê essa coisa de seres que matam por sede de sangue, a história que está por trás de tudo isso é bem elaborada. Não tive a oportunidade de ler nada semelhante ainda, e tenho certeza que vai ser difícil alguma obra ser tão boa quanto essa. Ao terminar a leitura, fechei o livro e tentei dormir logo, mas não consegui, já que não paro de pensar no que vai acontecer a cada personagem. Ainda não sei se pretendo ler Os Doze imediatamente. Esse primeiro livro da trilogia poderia ter terminado como um volume único, já que o final poderia ter sido outro, finalizando totalmente a história. Mas essa não foi a opção de Justin. Vou me preparar emocionalmente para ler a sequência, porque se o primeiro já foi capaz de me deixar com tantos sentimentos intensos dentro de mim, imagina o segundo? Várias questões ainda estão em aberto, e tenho certeza que as respostas e as surpresas virão na sequência. Não deixem de ler! Esse livro é épico! 
Título: A Passagem
Autor: Justin Cronin
Páginas: 816
Editora: Arqueiro

Notaram que usei uma classificação de recomendado para maiores de 16 anos? Pois é, vou explicar isso direitinho em um próximo post. A Passagem foi relançado pela Arqueiro, selo da Sextante. Os títulos de ficção foram transferidos de um para o outro.


45 comentários:

  1. Parece muito legal!! Amo livros de zumbis!

    ResponderExcluir
  2. Que tenso :s O livro é grande e parece não ser muito legal não. Mas a resenha ficou ótima!

    http://www.likelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Me interessou e muito o livro, mas são bastantes páginas para um começo hein? Atualmente parece que tá virando moda, rs. Vai entrar na listinha, mas provavelmente vou demorar para ler (to cheia de livros grandes nela, e eles geralmente são mais caros.)

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. É o tipo de livro que, pelo que vejo, eu gostaria de ler! Acho que, mesmo que a história não seja especialmente original, o essencial este livro possui: personagens bem construídos e narrativa bem conduzida. Depois da sua resenha, fiquei ainda mais interessada pela obra!

    Resenha perfeita, como sempre, inho! *-*
    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Eu nem fiz resenha desse livro. É tanta coisa para explicar, e quanto mais a gente escreve, mais percebe que está faltando um monte pra falar. Eu não me assustei com o tamanho dele, pois já li livros maiores da serie As cronicas de gelo e fogo. Realmente esse livro é muito bom, tem que ler para saber do que estamos falando. Gostei mais da segunda capa do que da primeira.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lucas!

    Uau, pelo visto você adorou mesmo. Gostei muito da sua resenha e da forma como mencionou cada ponto da história, tanto posisivos quanto negativos, deixando o leitor instigado. Com certeza lerei se tiver oportunidade. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lucas :)

    Adoro quando o escrito sabe nos envolver em sua narrativa e nos transporta para um mundo maravilhoso, eu estou com muita vontade de ler esse livro justamente por isso por saber que sua narrativa é envolvente, preciso nem dizer o que achei da resenha né ? abraços !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. olá Lucas : D
    Adorei a resenho, e o livro parece ser bem legal!

    Abraços,
    Rafael Augusto.

    Enseada das Letras

    ResponderExcluir
  9. A resenha é muito interessante! Sempre tenho que acrescentar um novo livro para a minha lista! Ai, socorro! hehehehe

    @karlinhakv
    www.fizdecanetinha.com

    ResponderExcluir
  10. Que livro lindoo. Conhecia
    só de capa, mas depois de sua
    resenha, que pude conhecer mais
    sobre a historia, fiqui apaixonada.
    Adoreii
    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Esse livro é um livro bem grande, mas parece ser muito bom! Minha amiga tem A Passagem, e ela só deixou elogios sobre ele. Espero lê-lo logo.

    Beijos!
    http://viajantesdaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa esse livro despertou muitos sentimentos em você, gostei da resenha e entendo sua reação, diante de um enredo desses não tem como não ficar assim, não sou muito fã do gênero mas confesso que fiquei bem curiosa agora, querendo sentir todas essas emoções intensas que você sentiu.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Sua resenha ficou muito boa, Lucas! Até que me despertou um pouquinho de vontade de ler esse livro.
    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. esse livro parece ser muito bom, mas muita gente fala que é um livro BEM cansativo de l! erEnfim, quem sabe eu dê uma chance para ele hahaha

    beijoos

    Livro de Capa Dura

    ResponderExcluir
  15. Oie, gostei muito da resenha mas não me interessei muito pelo gênero do livro ! Com toda certeza quando um livro é bom temos muito o que falar sobre ele !
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Já entrou em um grupo no facebook dedicado para blogueiros? Se não, te convido a vir participar do meu, fazer novas amizades, conseguir novos leitores...E claro interagir, debater, e sempre, sempre estar crescendo mais e mais com o blog, afinal esse é o sonho de todo blogueiro né? Conto com sua presença! Desde já, Grato !
    Link do grupo, clique e participe,♥ |
    Meu Blog (Sigo de volta!♥)
    aaah! e ja estou seguindo, que blog mais lindo heim ? Inveja ! Amei o estilo de ask daqui ♥

    ResponderExcluir
  17. Oi Lucas.
    Eu nunca dei muita atenção a esse livro, o título e a capa nunca me atraíram até que um dia parei pra ler a sinopse e me encantei.
    Agora lendo sua resenha me senti mais empolgada ainda, adoro livros que causam a reação que você teve: "As emoções que senti foram tão fortes que precisei fechar o livro algumas vezes, respirar, absorver os acontecimentos, para só assim poder retornar a leitura.".
    Fechou, esse já está no Kindle, quero conhece a narrativa de Cronin.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  18. Oi Lucas!
    Eu acho a capa desse livro linda, mas nunca tive interesse em ler. Não sei explicar bem o motivo, mas o fato de ele ser enorme me intimidava. Sem contar que eu achava que a história não me empolgaria.
    Adorei sua resenha! Gostei da forma como apresentou o livro, como expôs sua opinião. E a melhor parte é que fiquei morrendo de curiosidade para ler o livro. rs Espero ler em breve!
    Beijos lindo!
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Ual! Vou comprar logo esse livro.
    Faz anos que quero lê-lo, mas faltou incentivo. Agora estou super animada!
    Gosto de personagens aprofundados e histórias arrepiantes!
    Parabéns pela resenha, bem reveladora!

    Beijos,
    Le Lançanova
    PS. Tem promoção lá no blog! Serão sorteados 20 kits. Participe! http://migre.me/evwHi
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  20. Olá Lucas!
    Realmente, booktour é algo bem legal. Estou muito feliz por estar participando. Espero participar de outros <3

    Hmmm.. Este tipo de ficção não me chama muito a atenção. Vírus, e tal.
    Falta de oportunidade, mas pela sua classificação, um dia darei chance :)

    Beijos, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Eu já vi esse livro na livraria, mas acredita que eu imaginei que era algo completamente diferente? Tipo muuuuuuuuito KKKKKKKKKKK
    Agora quero ler e nem tenho money mimimi

    Beijão, Lari.♥
    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
  22. Não é meu tipo preferido de leitura, não... Mas você gostou tanto que pode ser que dê uma chance. Mais de 800 páginas? Nossa!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  23. Oi Lucas! Sério que tem toda esta intensidade, eu não esperava por isso. Já sabia de todo o clima da trama e do cenário, mas sua resenha foi a primeira que li que falou tanto de sensações. Fechou a porta? Sério, só por isso eu leria, adoro sentir um frio na espinha. Bom domingo, bjos!!!

    ResponderExcluir
  24. lUCS!
    LIVRO INTERESSANTE E A RESENHA FICOU FABULOSA, PARABÉNS!
    FELIZ DIA DAS MÃES!
    CHEIRINHOS
    RUDY

    ResponderExcluir
  25. Fechou a porta do quarto Lucas? rsrsrsrs Tem livros que é assim não? Como filmes que impressionam.

    Parece ser interessante não faz o meu gênero, mas eu sempre leio todo e qualquer tipo de livro então quem sabe... Mais pra frente vc me fala dele de novo hehehe

    Beijos querido.

    Me visita: Livros... Eu quero ler sempre

    ResponderExcluir
  26. Nossa, oitocentas páginas assusta mesmo. E eu nunca começaria uma resenha dizendo que não sei falar sobre o livro, oi? kkkkkk
    Obrigada por seguir o blog, estou seguindo aqui também.

    Visita lá e se gostar, comenta! :D
    http://sea-of-books.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Cara.... fiquei muito interessado pelo livro com a sua resenha - que eu li em primeira mão. #divando
    Sua resenha está ótima! *-* Amei, amei e quero ler este livro. Será uma prova ler um livro tão grande assim, mas, é só lembrar da série Game of Thrones... kkk
    Eu sinceramente gosto mais da capa antiga, mas esta também é bonita.
    Beijo

    ResponderExcluir
  28. Eu não estava muuuito interessada em ler esse livro, mas gostei bastante da sua resenha e me animei! Acho que vou colocar na minha lista de leitura para os próximos meses!!

    Carol
    http://hconcours.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Eu não dava muito por esse livro,mas depois de sua resenha com certeza eu vou ler ele.

    http://melanciapink.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. "Tem coisa pior do que uma resenha que começa assim: 'Ai, esse livro é tão bom. Não sei o que falar sobre ele'?" NÃO, NÃO TEM. HAHAHAHAHAHAHA

    Eu confesso que tenho predileção por livros/filmes com clima apocalíptico e nunca antes tinha lido nada sobre esse livro. É sem dúvida que vou atrás dele pra ler. Lembra que tu me deste a dica de leitura de O Fio da Victoria Hislop? Então, acho que confio no teu gosto, hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, é verdade Elder! Aquele livro é muito muito bom *o* Eu amei! Quero agora o outro livro dela, A Ilha hehe Abraços e obrigado :)

      Excluir
    2. Eu quero A Ilha também... se der vou acabar pedindo ele pra Intrínseca, hehe.

      Excluir
  31. Oi Lucas!
    Acredita que quando eu ganhei esse livro há mais de 2 anos e, quando fui começar, em uma viagem, acabei deixando de lado. E até então nunca mais o peguei para ler. :(
    Agora né... Quem sabe mais pra frente, ainda esse ano? O que me mata é que o último livro só em 2015 no Brasil.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  32. Oi! Você foi marcada para responder uma TAG (sobre incentivo à leitura), no meu blog. Visita lá para saber mais, e quando postar a TAG aqui no seu blog, me avisa. :D

    http://sea-of-books.blogspot.com

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  33. Oi,Lucas!
    Sempre tive uma ideia muito diferente do livro. A história parece intensa e a quantidade de páginas talvez assuste. Mas se o autor soube conduzi-la sem torná-la cansativa, com certeza, o livro merece destaque.
    Se um dia eu tiver a oportunidade eu o lerei.
    Bjs e bom início de semana!
    Tem resenha nova no blog.

    Zilda
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  34. Sempre tive curiosidade sobre o livro, talvez eu leia um dia. E claro, ainda bem que o autor levou ao pé da letra a história, tornando-a assim uma leitura agradável!
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/
    Beijão :)

    ResponderExcluir
  35. Nossa o livro é realmente grande pelo visto mas acho que isso tem suas vantagens, como por exemplo poder ir a fundo em cada personagem.
    Eu acho bem difícil produzir algo realmente original hoje, mas desde que a abordagem seja nova está valendo ^^

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  36. Olá!!!, belo blog amei sucesso, Deus seja contigo, já estou te seguindo
    OBRIGADO PELA VISITA.
    Curta e participe do meu blog e fan page.
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Nossa, não tinha reparado como esse livro é grosso, adoro!!
    Fiquei curiosa, pois antes da resenha, não tinha parado para observar sobre o que é o livro. Me interessei bastante.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  38. Ei Lucas, tem um post no meu blog falando dos meus blogueiros prediletos, e é claro que o seu blog esta la.
    Da uma passadinha e confere.

    ResponderExcluir
  39. otima resenha
    realmente esse livro deve ser épico, todos falam bem.
    TEnho ele faz tempo, mas ainda nao tive tempo de ler. mas irei.

    http://www.lostgirlygirl.com


    bjos

    ResponderExcluir
  40. Desde que vi você com ele na mão no evento que estou curiosa, tentando tomar coragem pra colocar ele na minha lista. Fiquei feliz em saber que você curtiu tanto assim, quem sabe um dia eu leia em e-book? Sei lá parece mais fácil porque a gente não fica preso ao número de páginas.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
  41. Agora estou ainda mais ansiosa pra ler esse livro! Já baixei ele, mas espero comprá-lo em breve (:

    ResponderExcluir
  42. Nossa Lucas!
    Quando você me falou desse livro, acabei pensando naquelas histórias clichês de Resident Evil, The Walking Dead, Eu sou a Lenda, etc., mas isso não quer dizer que me chamou a atenção!

    Apesar de eu nunca ter lido nenhum livro desse tipo, gosto de terror e de cenários apocalípticos. Parece que o terror não está muito presente nesse livro, mas é o que sinto quando imagino algo assim acontecendo! hehe

    Esse livro me apeteceu (como diz minha namorada!), e acho que não demorarei a procurá-lo também.
    A resenha ficou muito legal! Sem muito spoiler, como deve ser!

    Obrigado pela dica! Estou muito curioso!

    ResponderExcluir
  43. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    ResponderExcluir

Olá :D
Espaço reservado para comentários.
Ofensas serão excluídas.
Tem um blog? Deixe o link no final do comentário.
Obrigado!