Métrica - Colleen Hoover - Slammed #1

Título: Métrica, Slammed #1
Autora: Colleen Hoover
Páginas: 304
EditoraGalera Record

O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina. Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor. 
Layken, uma texana de 18 anos, se muda para o Michigan com sua mãe e irmão mais novo após a morte de seu pai. Na chegada ela conhece o charmoso Will, que se encanta por ela repentinamente. Will ajuda Layken a adaptar-se e os dois criam um sentimento maior que o de uma simples amizade. Porém, um segredo pode impedir que a relação dos dois chegue até onde querem.

Métrica se encaixa perfeitamente na palavra "clichê": desgastou-se, perdeu o sentido; se tornou algo que gera uma reação ruim, algo cansativo em vez de dar o efeito esperado; simplesmente repetitivo. A história tem as fórmulas mais batidas possíveis, um romance sem lógica nenhuma junto com uma narrativa ruim. E o tema central que deveria ser o plus do livro foi pessimamente desenvolvido.

O pecado de toda a história já vem no começo. Na página vinte a garota já olha para o garoto e pliiiin, estão perdidamente apaixonados e necessitam um do outro para o resto da vida, como mágica. Por volta da página sessenta eles decidem que existe um grande motivo (insignificante, argh) para não ficarem mais juntos e cada um segue seu caminho. Antes mesmo da página cem, de tão previsível que é essa história de novela mexicana, descobri o final e confirmaram minha tese.

Os personagens são muito rasos e têm uns conflitos internos sem nexo nenhum. Layken é uma menina fraca e sem atrativos, que só serve pra chorar e lamentar que o amor da sua vida (que ela só conhece há 1 mês, detalhe) não quer mais ficar com ela. O Will é igualmente detestável: ora fala que quer ficar com ela, ora não. O pior de tudo é que ele coloca um impasse ridículo, que poderia ser solucionado de uma maneira simples, para impedir essa relação. Faltou criatividade, Colleen Hoover.

Existe ainda uma competição de slam, na qual os candidatos vão a uma boate para recitar poemas. Pelo amor de Deus, até eu consigo fazer algo melhor que aquilo. São páginas e mais páginas preenchidas com versos que me fizeram questionar seriamente por que eu avançava na leitura. O mais engraçado é que rasgam elogios de canto a canto nessa blogosfera sobre o livro e me pergunto onde está essa obra-prima que tanto dizem, porque, sinceramente, Métrica é ruim do começo ao fim. 

O problema pode ser comigo? Talvez. Mas é fato: me senti inferiorizado lendo esse romance tão pobre em todos os quesitos - para não dizer algo mais ofensivo. Parece que a autora escolheu um final de semana, criou uma história tipica de sessão da tarde, pegou os ingredientes mais ruins possíveis e transpôs em páginas.

Escrever um livro como esse requer muita coragem e pouco amadurecimento. Métrica carece de tudo: personagens cativantes, enredo bem trabalhado e situações menos clichês e superficiais. 

23 comentários:

  1. Lucassssss, to morrendo de chorar agora! Não acredito que você detestou tanto assim o livro!! Ai que dó!! Nossa, fazia tempo que não passava por essa sensação de tristeza de quando alguém não gosta um livro que amei.. kkk mas vai, sou tranquila quanto a isso, sei que cada um tem uma opinião e é saudável a divergência de gostos e pontos de vista. Tipo, quanto ao fato deles se apaixonarem do jeito inflamável que aconteceu na história, eu já passei por isso nesse mesmo nível, então te digo, acontece! hehe O fato deles não terem podido ficar juntos não é tão irrelevante assim. Pelo menos tem uma questão moral sobre professores poderem ou não namorarem as suas alunas e Will correria grandes riscos se levasse isso a diante.. sem contar que no último livro a gente descobre a razão plausível dele ter ficado afastado dela, e para mim o que ele fez foi algo nobre, colocando ela sempre em primeiro lugar. Quanto a competição de Slam, gente, eu amei demais. Simplesmente me deliciei com as poesias, tanto me inspirei que acabei criando uma enquanto lia a história, você deve ter visto no blog. Eu achei os personagens mega críveis, porque já passei por algo parecido que eles passaram e tenho um amigo que é o Will em pessoa, e perdeu os pais quando novo e ficou sozinho para cuidar da irmã, então a história meio que acabou me afetando de forma particular. Bom, é realmente uma pena que você não tenha curtido, mas acontece.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Mirelle! Essa é a prova de que um livro afeta as pessoas de maneira diferente. Eu não gostei do livro e já to fugindo de novos "new adult" hehe
      Beijos.

      Excluir
  2. Eu também não sou um dos maiores fãs deste gênero e depois que li muitas criticas negativas deste livro já risquei ele da minha lista.

    Abraços
    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Lucas, eu gosto bastante do gênero New Adult, mas claro, há suas exceções. Ainda não li Métrica, e nem sei se ou quando vou ler. Enfim, li diversos elogios sobre o livro, mas cada um tem um olhar sobre o livro. Pelo que li em sua resenha, não me parece um romance que eu iria gostar.

    Beijos,
    Carol - http://hconcours.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não li o livro então não tem como falar que concordo com você kkkkk
    mas também estou meio de saco cheio do gênero new adult, é tudo muito clichê e sempre leva as mesmas histórias, e mesmo final

    bjus
    Isis
    minhaestantecolorida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olha, eu não li o livro, mas gostei muito do seu ponto de vista. Até hoje eu só havia lido críticas positivas, a sua análise foi diferente e abrangeu pontos que eu considero essenciais, entre eles, a construção do personagem e o desenvolvimento do tema principal! Bom que agora só vou ler se encontrá-lo por aí, não vou comprar!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha foi uma surpresa pra mim. Até hoje só tinha lido coisas super positivas a respeito do livro e já estava acreditando que ele era mesmo muito bom. Pelo jeito, minha opinião será bem parecida com a sua. Não gosto de amores que começam do nada, de personagens rasos e nem de dramas existenciais sem motivo.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  7. Oi Lucas!

    Nunca te vi com um ódio tão grande de um livro. De fato ele não funcionou para você. Já vi outras resenhas e a maioria gostou. Vou ver o que acho, mas o fato de ter poemas no meio foi o que me atraiu, pois adoro poesia.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amei esse livro!
    Não para de escutar The avett Brothers
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  9. Eu até queria ler, mas saber que é tão clichê assim me fez desistir. Obrigada pelo aviso.

    Abraço!
    http://constantesevariaveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Lucas!

    Nossa kkkkk eu acho que essa é a única resenha totalmente negativa que vi sobre o livro. Eu comprei na promo do Submarino e chegou aqui ontem. Pelo que li pela blogosfera, acho que vou estar no time dos que amaram, mas sua resenha serviu pra controlar minhas expectativas.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Vejo muita gente falando bem, mas o livro nunca me atraiu, agora então... Também estou de saco cheia desse tipo de clichê com paixão instantânea, aliás é algo que eu nunca gostei.

    Adorei a resenha, explicou bem porque não gostou (tenho visto muita gente com uma dificuldade grande em explicar racionalmente o porquê de não ter gostado de um livro, ultimamente).

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eita... acho que essa é a primeira resenha negativa que vejo. Não escondo minha curiosidade por esse livro, mas confesso que as expectativas diminuíram.
    Adorei a sinceridade na sua resenha sobre o livro que você não gostou mesmo! :D Arrasou.
    ps. Acho o nome desse livro fofo! kkk
    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Lucas, estou sem palavras. Nao acredito que vc detestou tanto o livro a esse ponto. Eu na evrdade amei! Concordo com vc q o romance no inicio é pouco convincente e que surge do além, mas do resto eu discordo. Gostei do will do começo ao fim, pq ele é o tipo de cara que o mudno carece: respeitador, romantico e cheio de iniciativa (mesmo q nao em todos os momentos). Só posso dizer q discordo, mas que respeito sua opiniao completamente. Afinal, cada um tem seu gosto :D
    beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Carambaaaa que legal teu novo layout *-* Ficou incrível, parabéns!

    Sobre a resenha fiquei chocada! Acho que um livro pode despertar emoções diferentes em cada pessoa, por isso as opiniões que li sobre ele até agora são tão diversas.

    É difícil tratar de histórias que seguem um perfil muito clichê. Eu realmente prefiro livros que me surpreendem, e se a coisa seguir um caminho morno demais e linear demais eu acabo não gostando entao ainda nao sei o que pensar de Métrica.

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha ;)
    Vejo muita gente falando bem do livro e mita gente falando mal também, mas sua resenha me mostrou o que posso esperar dele.

    Abraços!
    http://umsenhorpalhaco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá tudo bem ?
    Pois bem seu blog é muito bom e te indiquei à uma tag
    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/2013/08/tag-campanha-de-incentivo-leitura.html#more entra lá e depois faça-a se puder/quiser
    Abraços Carlos

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Lucas! Gosto muito do seu blog e te indiquei em uma TAG no meu! Passa lá para conferir e se gostar, participe:

    http://www.universodosleitores.com/2013/08/sobre-nos-tag-5-livros-que-eu-gostaria.html

    Abraços, Isabela.

    ResponderExcluir
  18. Oi,
    Que pena que não gostou do livro. Eu estou com o livro aqui para ler.
    Vou ler sem muitas expectativas para não me decepcionar.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Primeira resenha negativa que estou lendo sobre esse livro, eu particularmente estava e ainda estou bem interessada em le-lo, mas cada é cada um o/
    kkk
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Sua sinceridade é apreciável em todos os sentidos. É a terceira vez que tento comentar sua resenha, apenas hoje e enfim. Minha internet está uma bosta. Mas enfim... é muito difícil encontrar blogueiros que realmente fazem uma crítica negativa com tanta maestria. Eu, para citar, sou um que precisa melhorar e muito e me espelho em você. Não que eu esteja dizendo que você só reclama, longe disso, mas a sua forma de dizer as coisas é incrível. Parabéns. Agora, parece que sou invejoso, mas é inveja branca. Calma. O livro nunca me chamou atenção, de qualquer forma, acho que pela simplicidade da capa, mas foi muito bem dito que muitos blogueiros fizeram resenhas mega positivas sobre ele. Terei que conferir agora. - Felipe (A Hora do Livro).

    ResponderExcluir
  21. Ai, Lucas, te entendo, mas simplesmente gostei desse livro (bem, vc também deve entender, pq acabamos de falar de "simplesmente gostar").
    Também saquei o que aconteceria e achei MUITA coincidência, tudo de ruim acontece com essa menina, credo!
    Eu senti falta de coisas mais explosivas entre a Lake e o Will, queria ver mais dele, pq o impasse maior era dele (talvez isso seja resolvido com o último livro que é narrado por ele)>

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Olá :D
Espaço reservado para comentários.
Ofensas serão excluídas.
Tem um blog? Deixe o link no final do comentário.
Obrigado!